sexta-feira, 29 de junho de 2012

PESCA O PRESENTE

Quando a conjugação melhora
Através de uma ação sublime
Vem o amável sorriso
Numa estadia no paraíso

O casal é mais que um time
Os abraços são ramalhetes
Na festa geral do amor...
Com pétalas de rosas

Que traz a alvorada
E mais tarde o por do sol
Na força motriz
Dos amantes

O carinho é um gis
Nos versos e prosas
Pintando uma paixão desenfreada
Onde cada dedo é um anzol

Que pesca o presente
Ampliado e crocante...
Não importa a lua
Somente quem ama flutua
--------//--------
(Sisino Pereira de Souza)
Abraços poéticos.Facebook

Um comentário:

  1. Gostei muito daqui. É agradável e aconchegante. Linda poesia.
    Beijim

    ResponderExcluir